Resumo Pantanal: capítulos da novela de 19/09 a 24/09/2022

<div id="audimaWidget"></div>

<script src="//audio.audima.co/audima-widget.js" defer></script>

Fonte

Resumo das novelas

RESUMO DA NOVELA PANTANAL


Capa do resumo da novela Pantanal

Novela Pantanal 2022 (Foto: Divulgação / Globo)


Capítulo 151, segunda, 19 de setembro

José Leôncio encontra a arma de Solano no barco que Juma deixou na tapera. José Leôncio e José Lucas confrontam Tenório sobre Solano. Juma diz a Irma que o Velho do Rio virou sucuri e engoliu Solano. Filó diz a Tadeu que está preocupada com o cansaço de José Leôncio.


Renato descobre informações sobre a atuação de Tenório no Sarandi. Renato aconselha Tenório a esquecer a ideia de matar os Leôncio. Maria Bruaca diz a Filó que sente pena de Tenório depois da morte de Roberto. Marcelo coloca Tenório contra a parede e pede explicações ao pai sobre a contratação do pistoleiro Solano.


Capítulo 152, terça, 20 de setembro

Tenório nega para Marcelo que tenha dado ordem a Solano para matar e diz ao filho que deseja viver em paz. Zaquieu revela a Alcides que todo seu esforço é para ficar perto do peão. Tenório entrega para Maria Bruaca as escrituras das terras do Sarandi. Tenório surpreende a todos com a forma gentil com que trata Maria Bruaca. Muda se nega a servir Tibério.


Mariana deixa Irma arrasada ao dizer que Trindade deve ter se esquecido dela. Mariana percebe que Juma saiu do quarto para ir à tapera ter sua filha. Juma não vê que Solano está à espreita, esperando o momento para atentar contra ela.


Capítulo 153, quarta, 21 de setembro

Solano rende Juma e pergunta pelo Velho do Rio, ameaçando a moça. Juma fica possessa quando Solano confirma que atirou no Velho do Rio. Irma pressente que Juma precisa de ajuda. Solano se depara com uma onça, que o cerca dentro da tapera. Muda se assusta ao ver Juma arrastando o corpo de Solano.


O Velho do Rio está sem forças por causa do tiro que levou de Solano. José Leôncio vai com Alcides avisar a Tenório da morte de Solano. Muda pede para Juma matar Tenório. Marcelo desconfia de Tenório. Alcides critica Maria Bruaca por acreditar em Tenório. Irma diz a José Lucas que acha que Solano morreu nas garras da Juma.


Capítulo 154, quinta, 22 de setembro

José Lucas diz a Irma que talvez ela não esteja pronta para esquecer Trindade. Juma ameaça Jove, diante da insistência do marido de tirá-la da tapera. Mariana fica desesperada ao concluir que o filho de Irma nascerá antes da hora. Juma tem sua filha com a ajuda do Velho do Rio. Juma avisa a Jove que ficará na tapera com a filha.


Irma afirma a José Lucas que o filho dela só nascerá com a presença do pai. Eugênio tem a impressão de ter visto Trindade em sua chalana. Irma tem uma visão com Trindade, que liberta o filho de qualquer vínculo e o entrega nos braços de Irma. Filó fica perplexa ao saber por Irma que Trindade fez seu parto.


Capítulo 155, sexta, 23 de setembro

Trindade diz a José Lucas que seu caminho é viver ao lado de Irma. Juma diz a Jove que voltará para a fazenda. Juma deixa José Leôncio levar a neta nos braços a galope, como o sogro fez com Jove. Juma acerta com Muda que se transformará em onça para matar Tenório.


José Leôncio se preocupa com o cansaço que sente, mas não aceita fazer exames, mesmo com a insistência dos filhos. José Leôncio avisa a Tibério e aos peões que sairá com a próxima comitiva. Filó comenta com Tadeu e Zaquieu que José Leôncio pode acabar morrendo ao querer provar que está bem.


Capítulo 156, sábado, 24 de setembro

Zé Lucas diz para o pai que pretende se casar com Irma e pretende registrar o menino como seu filho. Maria bruaca visita a filha e é bem recebida por Zuleica. Alcides espera por ela na beira do rio. Alcides e Maria aproveitam a ida à fazenda para relembrar os momentos que passaram junto, mas são surpreendidos por Tenório que, de arma em punho ameaça matar os dois. Anoitece, e na fazenda todos se preocupam com a demora de Maria e Alcides.


Enquanto isso, os dois estão amarrados e o fazendeiro ameaça castrar o peão. A obsessão da “Muda” começa a abalar seu casamento com Tibério que se recusa a matar uma pessoa para que ela se sinta vingada. Desesperada, Maria suplica ao ex- marido para que não mutile Alcides e diz que está disposta a lhe devolver as terras do Sarandí. Porém, Tenório só pensa em destruir a vida dos dois e diante de Maria castra o peão. Depois, ameaça jogá-lo para as piranhas se ela não se “deitar” com ele.

Categoria:NOVELAS DA GLOBO

Deixe seu Comentário