Patrick destaca entrega física do São Paulo e lamenta empate com Fluminense

Foto:
Marcelo Gonçalves


Fonte:

São Paulo e Fluminense proporcionaram um ótimo jogo de futebol neste domingo.

<div id="audimaWidget"></div>

<script src="//audio.audima.co/audima-widget.js" defer></script>

Autor de um dos gols do Tricolor Paulista, Patrick lamentou o placar, mas destacou que agora é preciso levantar a cabeça.


"É trabalho. Estamos trabalhando e se dedicando para aguentar o máximo fisicamente essa temporada, que é muito difícil. São muitos jogos. Tivemos um jogo muito intenso no meio de semana. Hoje enfrentamos o Fluminense, que te obriga a usar o físico. Tem qualidade para trabalhar", disse à TV Globo.


"Saímos atrás, viramos o placar, mas infelizmente tomamos o gol de bola parada. Sofremos com a posse de bola deles Isso talvez tenha dificultado a partida. É levantar a cabeça. Lamentar o empate, mas continuar trabalhando porque o campeonato é longo e temos um objetivo", completou.


Com o resultado, o Tricolor Paulista desperdiçou a chance de encostar no G6 da competição, zona de acesso à Libertadores. O clube segue na oitava colocação, com 23 pontos, cinco a menos que o time das Laranjeiras, que aparece em quarto.
O São Paulo volta a campo agora na quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), quando visita o Internacional, pela 18ª rodada do Brasileirão.


São Paulo e Fluminense proporcionaram um ótimo jogo de futebol neste domingo. Pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, as equipes empataram por 2 a 2, no Morumbi. Luciano e Patrick marcaram para os mandantes, enquanto André e Manoel fizeram para os visitantes.


Com o resultado, o Tricolor Paulista desperdiçou a chance de encostar no G6 da competição, zona de acesso à Libertadores. O clube segue na oitava colocação, com 23 pontos, cinco a menos que o time das Laranjeiras, que aparece em quarto.


O São Paulo volta a campo agora na quarta-feira, às 20h30 (de Brasília), quando visita o Internacional, pela 18ª rodada do Brasileirão. No mesmo dia, mas às 19 horas, o Fluminense encara o Goiás, em Goiânia.


O jogo – A primeira etapa começou bem estudada no Morumbi. Mesmo atuando fora de casa, os cariocas dominaram a posse de bola nos primeiros minutos. A equipe, no entanto, encontrou dificuldades para criar grandes chances.


Do outro lado, os paulistas apostavam nos contra-ataques para levar perigo. Com 12 minutos, Talles Costa roubou a bola na intermediária e disparou com liberdade. O meio-campista, então, arriscou da entrada da área e mandou por cima da meta de Fábio.


A resposta do Fluminense saiu aos 22. Cano aproveitou o vacilo de Léo, invadiu a área e tentou tocar de cavadinha, mas mandou pelo lado. Dois minutos depois, porém, nada impediu o tento dos visitantes. André interceptou o passe de Patrick no meio de campo, tabelou com Ganso, gingou para cima da defesa e bateu rasteiro. A bola ainda tocou na trave antes de morrer no fundo do gol.


Em desvantagem, o São Paulo partiu para cima em busca do empate, que saiu aos 33. Após cruzamento de Igor Gomes, André desviou para trás e deixou na medida para Luciano. O atacante, então, testou com precisão para deixar tudo igual.


E não demorou para sair a virada. Com 41 minutos, Luciano encontrou grande passe para Talles Costa, que invadiu a área e cruzou para Patrick. Na segunda trave, o meia se atirou na bola para estufar as redes e colocar o Tricolor Paulista na frente.


2º Tempo


Na volta do intervalo, os donos da casa seguiram criando boas chances. Com apenas um minuto, Luizão roubou a bola no campo defensivo e enfiou belo passe para Patrick, que disparou com liberdade e cruzou para Luciano. O atacante chegou batendo de primeira, mas parou em ótima defesa de Fábio.
Instantes depois, Patrick voltou a ficar livre pela esquerda. Dessa vez, o meia tentou resolver sozinho e finalizou cruzado, pela esquerda do gol.



E as chances perdidas acabaram fazendo falta. Isso porque, aos 18 minutos, Manoel deixou tudo igual no Morumbi. Após jogada ensaiada de escanteio, Nonato cruzou com precisão e o zagueiro se antecipou à marcação para cabecear no cantinho de Thiago Couto.



Na sequência, Nathan teve boa chance para recolocar o Fluminense na frente, em cobrança de falta da entrada da área. A bola passou perto da meta e se perdeu pela linha de fundo.



A resposta do São Paulo saiu aos 38. Calleri foi lançado por Welligton, driblou Felipe Melo e bateu firme. Atento, Fábio fez boa defesa. No rebote, o atacante tentou mais uma vez, mas voltou a parar no goleiro.
Nos minutos finais, o Tricolor Paulista seguiu rondando a área rival, mas não foi o suficiente para tirar o empate do placar.


FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 2 FLUMINENSE


Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 17 de julho de 2022, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (Fifa-PR)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões amarelos: Diego Costa, Luciano, Patrick, Calleri (São Paulo); André, Caio Paulista (Fluminense)


GOLS: Luciano, aos 35 do 1ºT, Patrick, aos 42 do 1ºT (São Paulo); André, aos 24 do 1ºT, Manoel, aos 18 do 2ºT (Fluminense)


SÃO PAULO: Jandrei (Thiago Couto); Rafinha, Diego Costa, Léo (Luizão) e Patryck (Welligton), Pablo Maia, Igor Gomes, Talles Costa e Patrick; Luciano (Calleri) e Eder (Igor Vinícius)
Técnico: Rogério Ceni


FLUMINENSE: Fábio; Samuel Xavier, Luccas Claro (Felipe Melo), Manoel e Caio Paulista; Martinelli (Nathan), André e Ganso (Willian); Matheus Martins (Nonato), Arias (Alexandre Jesus) e Cano
Técnico: Fernando Diniz

Categoria:Esportes

Deixe seu Comentário