Reprodução/Instagram/@faustaonaband



Fonte: O Fuxico


Em uma rara entrevista, Fausto Silva, o Faustão, falou pela primeira vez sobre sua saída da TV Globo. 


Ele foi contratado da emissora por mais de 30 anos e em 2021, não houve renovação do documento. Na época, sua saída foi abrupta e sem uma despedida formal da empresa, o que ele já superou.


Isso aí é uma coisa normal [a saída]. Não posso falar nada. Fiquei num lugar por 33 anos. Fui muito feliz lá. Consegui trabalhar com gente como o Boni, foi o melhor presente que a vida me deu. Daniel Filho, Carlos Manga, Paulo Ubiratan… Trabalhei com gente que fez a televisão brasileira mesmo. Durante 33 anos – revelou ao podcast Rap 77.


Durante o papo, o apresentador também contou que o seu contrato de retorno à Band foi assinado quando ainda era um colaborador da Globo. Ele afirmou entender a decisão do canal em retirá-lo imediatamente do ar após ser comunicada oficialmente sobre a mudança.


“A partir do momento que eu me antecipei em dizer que ia voltar para a Band, é claro que eles não iam me deixar na vitrine. Não tem problema nenhum. Página virada e olhar para a frente”, falou, sincero.


Faustão ainda disse que só topou voltar à Band após um pedido de Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Havia um interesse do empresário em reformular totalmente a grade de programação da companhia.


“Eles precisavam de uma programação. Falei: ‘olha, eu, depois de velho, vão me inventar essa história’. Eu estava numa praia que era a minha praia há bastante tempo, que era o domingo”, pontuou. “Para fazer o mesmo tipo de programa, não vale a pena. Vamos tentar fazer um programa diferente por dia. E é o que a gente vai tentar fazer. E, principalmente, levar alegria e otimismo”, prometeu.

Deixe seu Comentário