Globo corta cena de O Cravo e a Rosa envolvendo Buscapé, personagem de Luiz Antônio do Nascimento (Imagem: Reprodução / Viva)


<div id="audimaWidget"></div>

<script src="//audio.audima.co/audima-widget.js" defer></script>


Fonte: RD1


Na história exibida nos anos 2000, Buscapé disse que queria “ser branco”.


A Globo tirou uma cena do capítulo desta terça-feira (21) de O Cravo e a Rosa envolvendo o personagem Buscapé, vivido por Luiz Antônio do Nascimento, e Catarina, papel de Adriana Esteves. Na cena original, o menino negro pintou o rosto e o corpo de branco.


Na história exibida nos anos 2000, Buscapé disse que queria “ser branco”. “Nunca ouvi maior disparate! Qual o problema em ser preto, moleque? Uma cor tão boa, como outra qualquer. Ou fica dando ouvido a essas pessoas que não tem o que fazer e pensam que uns são melhores que os outros, hein?”, criticou Catarina.


O garoto reagiu e discursou: “Madrinha, uns são melhores que os outros! Os meninos brancos vão para a escola, estudam. Os moços brancos viram doutores. E eu? Não sei ler nem escrever. Já sou grande e nem as letras dos meus nomes eu conheço. Deixa eu me pintar de branco! Se eu fosse branco tinha de tudo”.


“Eu vou te ensinar a ler, a escrever também. A fazer conta, tudo! Quando já tiver aprendido, eu te boto na escola com os meninos do seu tamanho”, prometeu a mocinha.


Globo alvo de protesto


A web reparou no corte feito pela Globo e protestou contra a decisão. O Cravo e a Rosa entrou no ar no início de dezembro na nova faixa de reprises da emissora.

Deixe seu Comentário