Por suposta crise, Adriana Araújo deixa bancada do "JR" após 14 anos.

Reprodução
Adriana Araújo sai do "Jornal da Record"

Fonte: iG Gente.

Especulações sobre bastidores da Record já falavam de crise de choro e irritação na cúpula da emissora.

Adriana Araújo deixará a bancada do "Jornal da Record", depois de 14 anos na atração. A informação, antecipada pelo jornalista Flávio Ricco, foi confirmada pela assessoria da emissora ao UOL. 
A saída de Adriana Araújo da bancada do principal jornal da Record TV acontece após uma série de especulações sobre o clima nos bastidores da emissora. Em abril, segundo informações do Notícias da TV,  Adriana teve uma crise de choro após apresentar o programa.  Logo depois, a chefia antecipou as férias dela. 
Testemunhas disseram que o episódio pode ter acontecido por dois motivos: a jornalista teria reclamado da linha editorial do "JR" e discutido com a chefia do programa, ou por problemas pessoais de Adriana, que decidiu se afastar por um tempo. Vale lembrar que, no início de junho,  Adriana fez duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro em suas redes sociais, o que teria irritado a cúpula da emissora.

Publicidade.

Fique em casa

Categoria:Famosos

Deixe seu Comentário